R$ 4.16
Libra
=
R$ 4.16

Os restaurantes com as melhores vistas em Londres

O guia definitivo de bares e restaurantes no topo de Londres.

Se há uma coisa que é melhor quando feito em um telhado, é literalmente tudo. E isso inclui beber e jantar bem…. vários andares acima de Londres.

Segue a lista e aproveite.

Rumpus Room | Southbank

OXO Tower Bar | Southbank

Radio Rooftop Bar | Covent Garden

Golden Bee | Shoreditch

Madison | Bank

e se voce visitar esses lugares mande sua foto no nosso facebook e marque a Master Transfer pra mostrar que voce foi depois que viu nossas dicas.

Bom fim de semana para todos.

O que fazer de Graça em Londres

Museus, Galerias e Bibliotecas

Museu Britânico – a Pedra da Roseta (que fez com que os arqueólogos decifrassem os hieróglifos egípcios), esculturas do Partenon de Atenas, na Grécia, múmias egípcias e antiguidades chinesas. Estes são apenas alguns dos tesouros expostos no British Museum, dono de uma das coleções de arte mais importantes do mundo.

Para ver a coleção permanente do local você não tem que pagar nada e o ideal é pegar um mapa na chegada, que vai ajudá-lo a identificar as principais obras, principalmente, se você não estiver com tanto tempo disponível. Ah, o British museum também tem dois cafés e um restaurante.

1
Museu da História Natural

Museu de História Natural – A coleção do Natural History Museum compreende mais de 70 milhões de espécimes do mundo natural reunidas ao longo de 400 anos. Praticamente todos os grupos de plantas, animais, fósseis e minerais oriundos de diversas partes do mundo (e do universo) fazem parte da vasta coleção.

Ah, ao entrar no museu, um ótimo programa para crianças, jovens e adultos, você vai ver de perto uma réplica gigante de um Diplodocus, dinossauro que viveu há mais ou menos 150 milhões de anos.

Victoria & Albert – se você é um aficionado por arte e design o V&A, então, é um museu imperdível. Lá estão expostas coleções mundialmente importantes nas áreas de arquitetura, moda, fotografia, teatro, arte asiática, móveis, cerâmica, tecidos, jóias, entre outros setores. Às sextas-feiras o local fica aberto até às 22h.

2
Museu Victoria & Albert

Old Royal Naval College – a antiga escola real naval é uma obra de arte barroca que faz parte do Complexo de Greenwich. Ela fica em um prédio – que tem um irmão gêmeo, bem ao lado – às margens do Tâmisa que abriga três atrações abertas ao público: o Discover Greenwich, um centro de informações turísticas, o Painted Hall, uma sala com teto pintado, considerada a Capela Sistina do Reino Unido, além de uma capela dedicada a São Pedro e São Paulo. Saiba aqui como chegar no local.

Royal Air Force museum (RAF) – se você se interessa por aviação ou somente pretende fazer algo diferente em Londres, o museu da Força Aérea Real é uma excelente pedida. Lá estão reunidas informações, objetos diversos e até aeronaves (são pelo menos 100 expostas) sobre a história da aviação desde os primórdios até os dias atuais. No local, por exemplo, é possível saber toda a história da Primeira Guerra Mundial “no ar”. Para saber mais do museu e também os horários de funcionamento, clique aqui.

 

Pelas Ruas de Londres

Faixa de Pedestres Abbey Road – a famosa faixa de pedestres, capa do álbum Abbey Road, dos Beatles, fica em frente ao estúdio de mesmo nome e atrai muitos turistas apaixonados pela banda inglesa. A maioria deles tentam reproduzir a foto do disco na qual Ringo, Lennon, Paul e George atravessam na faixa, um atrás do outro. Para conhecer a faixa de pedestres correta, vá de metrô até a estação St. John’s Wood e de lá caminhe cerca de 400 metros em direção ao estúdio.

Piccadilly Circus – uma das áreas turísticas mais populares de Londres, a Piccadilly Circus acaba sendo um verdadeiro ponto de encontro na área central da capital inglesa, a qualquer hora do dia, da noite e para pessoas de todas as idades. Lá você vai encontrar a estátua de Eros e também vai poder fazer fotos em frente ao famoso letreiro eletrônico.

Passeio em Notting Hill – uma das áreas mais desejadas de Londres celebra, em agosto, o Carnaval. Considerada a maior festa de rua da Europa, o evento com música e comida caribenha atrai pessoas dos 8 aos 80 pelas cores e animação. Mas se você vai estar em Londres numa outra época do ano, pode aproveitar para caminhar pelo tradicional bairro e sentir a atmosfera das ruas, ver lojinhas, galerias de arte, cafés/pubs e as famosas casinhas coloridas.

 

 

Fonte: Melhores Destinos

Londres em 1991

A década de 1990 foi uma década decisiva para a música, moda e cultura em Londres. Com saias xadrez, Nirvana – e a marca panda nova – 1991 começou a década do novo para Londres.

Croydon
SOURCE 93733773@N03

Naomi Campbell
SOURCE VOGUEMAGAZINE

White tube carriages at Hainault
SOURCE DAVIDMOTH3106

Marble Arch, 1991
SOURCE WIKIMEDIA

Regent Street
SOURCE SCOUSEMOJO

Ming Ming the giant panda arrived at London Zoo in 1991
SOURCE LONDONHISTORIAN

Paddington
SOURCE LONDON PADDINGTON

New Cross Gate station, 1991
SOURCE GEOGRAPH

Cannon Street to Charing Cross train
SOURCE 16313630@N07

Old Spitalfields Market
SOURCE BETTSY1970

Nirvana in London, 1991
SOURCE NIRVANA

Old Spitalfields Market
SOURCE BETTSY1970

Oxford Street, east end, looking West, 1991
SOURCE GEOGRAPH

Charing Cross
SOURCE BRITISHBUSES

‘Hypercolor’ travelcards were once trialled on the network in 1991. Starting out blue, the card changed to purple as you got low on money, and went red once the balance reached 0SOURCE LONDONIST

Old Spitalfields Market
SOURCE BETTSY1970

Stereolab in 1991
SOURCE NEOACOUSTICPHOTOS

Charlton Athletic FC. It’s got more seats now
SOURCE OLD LONDON

The DLR
SOURCE OLD LONDON

Built to launch the London Travelcard, 1991
SOURCE TIM DUNN

Paddington on 26 June 1991
SOURCE LONDON PADDINGTON

The Spirit of Soho mural was created by the Soho community and completed in 1991
SOURCE ARI55

 

 

Fonte: http://londonist.com/